Devocional - 14ª Dia

"Eu lhes deixo um presente, a minha plena paz. E essa paz que lhes dou é um presente que o mundo não pode dar". (Jo 14.27)

No capítulo 14 do Evangelho de João está recheado com as promessas de Jesus para nossas vidas.


Primeiro, começa tranquilizando os corações aflitos trazendo uma certeza que a morte, daqueles que crê em seu nome, não é o fim, mas um novo começo junto Dele e do Pai, em um lugar que, o próprio Jesus, foi preparar.

Em seguida há um questionamento de Tomé qual o caminho que Jesus iria trilhar, no entanto, os discípulos não conheciam esse caminho. O Mestre, então, afirma categoricamente que Ele mesmo é o caminho, a verdade e a vida, e somente por Ele é possível chegar até ao Pai.


Em todo momento, Jesus sempre estava demonstrando uma relação muito íntima entre Ele e o Pai. E, num dado momento, outro de seus discípulos, o Filipe, faz um pedido: "Senhor, mostre-nos o Pai, e ficaremos satisfeito. (v. 8) "Jesus responde: Filipe, estive com vocês todo esse tempo e você ainda não sabe quem eu sou? Quem me vê, vê o Pai! Então porque me pede para mostrar o Pai?" (v.9) Em Hebreus 1.3, diz que Jesus é o resplendor da glória e expressão exata de Deus.

Mais a diante, Jesus deixa uma outra promessa: "E eu pedirei ao Pai, e ele lhes dará um outro Encorajador, que nunca os deixará" (v.16). Tratava-se do Espírito Santo que, após a ascensão de Jesus, estaria concedendo dons maravilhosos a todos que cressem.


E, esse "outro Encorajador" estaria dando continuidade a vida de Jesus aqui na terra através de sua igreja.

E, por último, o Mestre promete um presente, a plena PAZ. Só que tem um detalhe importante nessa promessa, essa paz não é aquela paz que o mundo oferece por meio de prazeres e satisfações momentâneas. A paz que Jesus deixou para nós, é algo que

Ele mesmo viveu aqui na terra. Mesmo diante de todas as adversidades e tribulações, conseguiu sentir paz.

Essa plena PAZ que Jesus nos presenteou é possível viver em meio a uma guerra e jamais sermos abalados por qualquer situação, pois essa PAZ e suficiente para nos manter descansados.


Pr Iranildo

0 visualização