Fé e Milagre


Atos 5-12

Não era a sombra de Pedro quem curava.

A fé é o que determina o milagre.

O Evangelho é algo poderoso e naquele tempo quando tudo começou as pessoas, e principalmente os discípulos, viveram um tempo de revolução. O povo quando estava em contato com o mover especial que viviam os apóstolos tinham como característica mais latente a perplexidade e o êxtase total. Até mesmo porque nunca haviam visto nem experimentado nada como aquilo. Estavam vivendo naquele momento algo tão único e especial. E isso os impulsionava a manifestar uma fé capaz de superar tudo.

O Senhor Jesus sempre fazia questão de dizer isso: “a fé é o que determina o milagre”.

Então, nesse sentido, e na narrativa do texto, não era a sombra de Pedro que curava os doentes mas sim, a fé das pessoas. Uma fé sem limites que se caracterizava na certeza de que a esperança iria se concretizar. Eles sabiam que havia algo maior agindo através daqueles homens. E de fato, Deus estava com os apóstolos.

É preciso ter uma fé capaz de romper barreiras internas que nós mesmos criamos. As vexes por complexos ou baixa autoestima, e até mesmo por displicência e descompromisso com o Criador, bem como transpor limites externos como preconceitos, constrangimentos por acabar sendo enquadrado e rotulado pelas pessoas. São fatores como estes que nos impedem de viver uma vida mais assertiva como cristãos, e para além, uma vida de plenitude e equilíbrio. 

7 visualizações