Devocional - 2º Dia

02/08/2019


"Pois bem", respondeu Jesus. "Destruam este templo, e em três dias eu o levantarei". (Jo 2.19)


Após Jesus ter realizado seu primeiro milagre em Caná da Galileia, transformando água em vinho, seguiu até Cafarnaum, onde permaneceu por alguns dias com seus familiares e amigos.Próximo a festa da Páscoa foi até Jerusalém e fez uma visita ao templo. Deparando-se, no pátio, com algumas pessoas comercializando animais para os sacrifícios, Jesus teve uma reação, talvez, inesperada por todos. Confeccionou um chicote com cordas e passou a expulsar aqueles negociantes.

Perplexos com aquela atitude de Jesus, os líderes judeus, ali presentes, questionaram-no, perguntando com que sinal ele validaria sua autoridade para tal comportamento.

Jesus, então, responde para eles: "Destruam este templo, e em três dias eu o levantarei."

Essa contundente afirmação do Mestre, no meu ponto de vista, é um dos ensinamentos mais ricos de todo Novo Testamento.


Apesar dos religiosos não compreenderem, pois acharam que Jesus estava se referindo ao Templo de Herodes que levou muitos anos para ser edificado.

Mas na verdade, Jesus estava, naquele momento construindo, o que viria a ser um novo paradigma para as próximas gerações.

Ele referia-se ao seu próprio corpo que provaria da morte, mas que, logo em seguida, seria ressuscitado, concluindo, assim, todo o plano salvífico de Deus.


Mas esse princípio, estabelecido por Jesus, também nos revela que o verdadeiro templo hoje, não é o salão, loja, galpão, prédio que nos reunimos para adorar a Deus, mas sim, nossos corpos, como foi perfeitamente compreendido e sintetizado pelo apóstolo Paulo: "Vocês não sabem que seu corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vocês e lhe foi dado por Deus?" (1Co 6.19).

Portanto, hoje, vamos viver essa verdade que está revelada a todos nós.


Pr Iranildo.

0 visualização