Devocional - 1º Dia

01/08/2019


"Assim, a Palavra se tornou ser humano, carne e osso, e habitou entre nós. Ele era cheio de graça e verdade. E vimos sua glória, a glória do Filho único do Pai." (Jo 1.14)


Sabemos que, no texto acima, dependendo da versão, é dado a Jesus alguns nomes simbólicos como: Palavra, Verbo e Logos. Mas todos esses títulos estão apontando para Jesus como a expressão da ação do poder de Deus em toda a criação. Com é dito no versículo 3: " Por meio dele Deus criou todas as coisas, e sem ele nada foi criado". Já em Cl 1.16, diz o seguinte: "Pois, por meio dele, todas as coisas foram criadas, tanto nos céus como na terra...tudo foi criado por meio dele e para ele." Portanto, tudo foi criado e está sendo regido pelo poder de Deus através de Jesus.

O mais extraordinário é que a "Palavra" (Jesus) se tornou homem e habitou no nosso meio. A palavra utilizada para "habitou" e do grego "skenoo" é a forma verbal do substantivo grego para "tabernáculo", isto é, "skene". Portanto, podemos dizer que Jesus "tabernaculou" em nosso meio, ou seja, ele armou sua tenda, no mesmo sentido que, no Antigo Testamento era armado o tabernáculo no meio do povo para que Deus pudesse manifestar a sua glória.

Portanto, um dos maiores desejos de Jesus e "tabernacular", isto é habitar em nosso meio, ou em nossas igrejas, em nossas casas, e sobretudo em nossas vidas, com o propósito de manifestar sua glória.

Glória de Jesus em nossa vidas é o que vai fazer toda a diferença.


Pr Iranildo

0 visualização